Normalidade volta aos Boeing 787 nessa segunda-feira

Depois de amargar mais de três meses de suspensão de operações, a normalidade volta à vida dos Boeing 787 Dreamliner nessa segunda-feira (20/05), retomando os voos internos nos Estados Unidos. Os voos internacionais da United Airlines com os 787, entretanto, só recomeçarão dia 10 de Junho, na rota entre Denver e Tóquio. A decisão da Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) é a última etapa de uma história que começou em janeiro, quando um avião da empresa japonesa All Nipon Airways (ANA) teve de fazer um pouso forçado, por conta do derretimento de uma bateria do avião durante o voo, comprometendo a segurança dos equipamentos.

No final de abril, depois de modificações nas baterias, a ANA fez os primeiros testes em seus modelos, recebendo o aval para a retomada dos voos. A LAN, acompanhada pela agência de aviação chilena, também testou aviões 787 Dreamliner nos últimos meses, para fazer a rota entre Santiago e Los Angeles e agora a FAA autorizou a United Airlines a retomar suas operações com os aviões, após as modificações de segurança necessárias.

O Boeing 787 Dreamliner é apresentado como o mais avançado e eficiente avião do mundo para rotas internacionais e domésticas. A empresa teve grandes prejuízos não apenas com a suspensão dos voos, onde algumas empresas chegaram a anunciar que iriam pedir ressarcimento de seus prejuízos - no caso da ANA, mais de 3.600 voos cancelados -, mas também com o congelamento de alguns contratos. A Boeing, na ocasião, não comentou as informações das companhias aéreas e disse que o foco da empresa era devolver os aviões aos céus. Agora, com a volta dos aviões à operação, é preciso acompanhar os próximos passos dessa história, se a Boeing compensará as empresas em dinheiro ou fazendo abatimento no valor de novos aviões.

Nome do formulário

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!